Cognitive and emotional responses to urban and nature exposures in the Brazilian Cerrado

Autores

  • Ana Beatriz dos Santos Costa Laboratório de Fauna e Unidades de Conservação, Departamento de Engenharia Florestal, Universidade de Brasília
  • Mariana de-Carvalho Universidade de Brasília
  • Victória Oliveira Matos Laboratório de Fauna e Unidades de Conservação, Departamento de Engenharia Florestal, Universidade de Brasília
  • Reuber Albuquerque Brandão Universidade de Brasília http://orcid.org/0000-0003-3940-2544

DOI:

https://doi.org/10.17648/heringeriana.v14i1.917909

Resumo

(Respostas cognitivas e emocionais à exposições a ambientes urbanos e naturais no Cerradobrasileiro): O contato com a natureza aumenta a saúde e o bem-estar humanos através da redução doestresse, elicitação de emoções positivas e restauração da atenção. Apesar da notável biodiversidadebrasileira, desconhecemos estudos que vinculam experiências com a natureza ao bem-estar no país. Aquiaplicamos tarefas cognitivas e autorrelatos emocionais em 33 sujeitos, antes e depois de uma caminhada de30 minutos em uma trilha natural no Parque Nacional de Brasília, e comparamos com os mesmos testesaplicados antes e depois de uma caminhada de 30 minutos no Centro de Brasília. Registramos melhorias nosrelatos emocionais após o contato com a natureza, enquanto a exposição urbana causou diminuições nafelicidade autorreferida e aumentos nas emoções negativas. Esses resultados destacam a relevância doscenários naturais para o bem-estar cognitivo e emocional e a necessidade de um melhor entendimento dasrelações entre a natureza e a saúde humana. O reconhecimento de que a saúde mental é um serviçoecossistêmico pode melhorar os argumentos para a conservação da natureza, a qualidade de vida e a saúdepública.

Biografia do Autor

Reuber Albuquerque Brandão, Universidade de Brasília

Biólogo, doutor em ecologia. Ecologia de comunidades, Herpetologia, conservação da biodiversidade

Downloads

Publicado

2020-08-06

Como Citar

Costa, A. B. dos S., de-Carvalho, M., Matos, V. O., & Brandão, R. A. (2020). Cognitive and emotional responses to urban and nature exposures in the Brazilian Cerrado. Heringeriana, 14(1), 21-32. https://doi.org/10.17648/heringeriana.v14i1.917909

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)