Similaridade florística e fitossociologia de duas fitofisionomias florestais no cerrado de Água Fria de Goiás (GO)

Autores

  • Francisco Ferreira de Miranda Santos

DOI:

https://doi.org/10.17648/heringeriana.v14i2.917905

Palavras-chave:

padrões florísticos, riqueza, percentual de similaridade, análise de similaridade

Resumo

A similaridade entre duas fitofisionomias de Cerrado em Água Fria (GO) foi analisada quanto aoestrato arbó reo (mata de galeria e mata seca). A diferença dentro e entre as unidades amostrais foi testadapela Análise de Variâ ncia de Similaridade (ANOSIM). As famı́lias mais importantes em espécies foram Fabaceae,Myrtaceae e Malvaceae nas duas fitofisionomias. Um total de 146 espécies foi registrado (123 espécies na matade galeria, 93 na mata seca e 70 espécies em comum, similaridade de Sørensen de 64,8%). Os ı́ndices dediversidade de Shannon e equitabilidade de Pielou foram de H’=3,77e J=0,783 para a mata de galeria, e H’=3,61,J=0,796 para a mata seca. Embora a diferença entre as fitofisionomias detectada pela ANOSIM tenha sido maiorentre as fitofisionomias do que dentro destas, as espécies responsáveis pela diferença foram, em termosabsolutos, abundantes em ambos os locais. Conclui-se então que há uma continuidade no habitat onde seencontram as fitofisionomias, sendo explorado por espécies não preferenciais.

Downloads

Publicado

2020-12-10

Como Citar

de Miranda Santos, F. F. (2020). Similaridade florística e fitossociologia de duas fitofisionomias florestais no cerrado de Água Fria de Goiás (GO). Heringeriana, 14(2), 192-209. https://doi.org/10.17648/heringeriana.v14i2.917905

Edição

Seção

Artigos Originais