Teste de Envelhecimento acelerado para avaliação do vigor de sementes de Dalbergia miscolobium Benth.

Autores

  • Daniela Vasconcelos de Oliveira Universidade de Brasília
  • Juliana Martins de Mesquita Matos Universidade de Brasília
  • Kennya Mara Oliveira Ramos Universidade de Brasília
  • Rosana de Carvalho Cristo Martins Universidade de Brasília
  • Ildeu Soares Martins Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.17648/heringeriana.v7i2.84

Palavras-chave:

Deterioração, sementes, qualidade fisiológica, poder germinativo

Resumo

A avaliação do vigor de sementes permite a detecção de diferenças na qualidade fisiológica de lotes, os quais apresentam poder germinativo semelhante, e que podem exibir comportamentos distintos em condição de campo ou durante armazenamento. O objetivo deste trabalho consistiu em avaliar a qualidade de sementes de Dalbergia miscolobium Benth. por meio do teste de envelhecimento acelerado (EA). No teste de EA foram adotados seis tempos de EA; três soluções distintas e duas temperaturas. Após o teste de EA as sementes foram submetidas ao teste de germinação. A análise estatística dos dados foi efetuada por meio de análise de variância (anova) dos tratamentos aplicados, seguida pelo teste de Tukey e pela regressão polinomial. Verificou-se que para a espécie Dalbergia miscolobium na temperatura de 40 °C, a solução GA3 apresentou o maior R², com o modelo cúbico; para a temperatura de 50 °C a solução água destilada foi o que apresentou maior R², com o modelo linear.

Biografia do Autor

Daniela Vasconcelos de Oliveira, Universidade de Brasília

Engenheira Florestal, Doutoranda em Ciências Florestais, Universidade de Brasília. Laboratório de Tecnologia de Sementes Florestais.

Juliana Martins de Mesquita Matos, Universidade de Brasília

Engenheira Florestal, Doutoranda em Ciências Florestais, Universidade de Brasília. Laboratório de Tecnologia de Sementes Florestais.

Kennya Mara Oliveira Ramos, Universidade de Brasília

Bióloga, Doutoranda em Ciências Florestais, Laboratório de Tecnologia de Sementes Florestais Departamento de Engenharia Florestal.

Rosana de Carvalho Cristo Martins, Universidade de Brasília

Laboratório de Tecnologia de Sementes Florestais, Departamento de Engenharia Florestal

Ildeu Soares Martins, Universidade de Brasília

Departamento de Engenharia Florestal, Universidade de Brasília.

Downloads

Publicado

2014-12-08

Como Citar

Oliveira, D. V. de, Matos, J. M. de M., Ramos, K. M. O., Martins, R. de C. C., & Martins, I. S. (2014). Teste de Envelhecimento acelerado para avaliação do vigor de sementes de Dalbergia miscolobium Benth. Heringeriana, 7(2), 153-160. https://doi.org/10.17648/heringeriana.v7i2.84

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.