Introdução ao sistema de informação geográfica e modelagem de distribuição de espécies

Autores

  • Alan Sciamarelli Universidade Federal da Grande Dourados

DOI:

https://doi.org/10.17648/heringeriana.v6i1.46

Palavras-chave:

geotecnologias, nicho ecológico, dados espectrais, fitogeografia

Resumo

As geotecnologias se tomaram atualmente mais um conhecimento a ser adquirido como tantos outros na Botânica. O Sistema de Informação Geográfica (SIG) é uma das áreas das geotecnologias que ganhou com o avanço dos novos equipamentos de hardware e novos softwares que a cada dia mais se aprimoram e facilitam o cotidiano. A modelagem de distribuição potencial das espécies é uma das áreas de pesquisa que está se aproveitando de todos esses avanços geotecnológicos. A modelagem permite estimar a distribuição espacial do ambiente que seja favorável a uma espécie para uma área de estudo. Os resultados podem ser utilizados em áreas como biogeografia, ecologia, biologia evolutiva, conservação da biodiversidade, entre outras. O objetivo deste mini curso é atualizar e inserir os pesquisadores da Botânica em geotecnologias, apresentar uma introdução à teoria para a modelagem de distribuição potencial de espécies e demonstrar a utilização do "Open Mode1ler". Tomar-se-ão uma ferramenta de análise que relaciona dados espaciais e não espaciais, podendo computar novas informações aos trabalhos correlacionados, auxiliando na tomada de decisões.

Downloads

Publicado

2014-11-14

Como Citar

Sciamarelli, A. (2014). Introdução ao sistema de informação geográfica e modelagem de distribuição de espécies. Heringeriana, 6(1), 84-86. https://doi.org/10.17648/heringeriana.v6i1.46

Edição

Seção

Artigos Originais