Composição florística e estrutura da vegetação arbustivo-arbórea em Cerrado sentido restrito na Serra de Jaraguá, Goiás, Brasil.

Autores

  • Thiago Ayres Lazzarotti Abreu Universidade de Brasília
  • José Roberto Rodrigues Pinto Universidade de Brasília
  • Eddie Lenza Universidade do Estado do Mato Grosso - UNEMAT
  • Henrique Augusto Mews Universidade de Brasília
  • Tassiana Reis Rodrigues dos Santos Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.17648/heringeriana.v6i2.29

Palavras-chave:

Biodiversidade, Cerrado, espécies lenhosas, abundância, raridade

Resumo

O presente trabalho teve por objetivo descrever a composição florística e estrutura da vegetação arbustivo-arbórea em área de Cerrado sentido restrito, no Parque Estadual da Serra de Jaraguá, Goiás e comparar os parâmetros florísticos e estruturais com de outras comunidades savânicas do Cerrado. Foram inventariadas dez parcelas de 20 x 50 m e registrados todos os indivíduos com diâmetro a 30 cm do solo - Db30 cm ≥ 5 cm. Foram amostrados 1.913 ind.ha-1, perfazendo área basal de 13,42 m2.ha-1. Os valores de riqueza (63 espécies) e do índice de diversidade de Shannon (H’ = 3,41) encontrados estão na faixa de variação registrada em outros estudos realizados no Brasil Central e refletem alta diversidade alfa na área estudada. A densidade de indivíduos e a área basal total foram elevadas quando comparadas àquelas de outros estudos em formações savânicas do Cerrado. Os resultados indicaram efeito pouco evidente dos diferentes substratos sobre a riqueza, a densidade e a área basal das comunidades. A densidade e a estrutura da vegetação da comunidade estudada e das demais comunidades comparadas foram geralmente determinadas por um pequeno número de espécies, enquanto a maioria das espécies apresentou baixas abundâncias e pequena importância estrutural em escala local.

Biografia do Autor

Thiago Ayres Lazzarotti Abreu, Universidade de Brasília

MSc. em Ciências Florestais.

José Roberto Rodrigues Pinto, Universidade de Brasília

Dr. em Ecologia. Professor do Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais

Eddie Lenza, Universidade do Estado do Mato Grosso - UNEMAT

Dr. em Ecologia. Professor do Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação

Henrique Augusto Mews, Universidade de Brasília

MSc. em Ecologia e Conservação. Doutorando em Ciências Florestais

Tassiana Reis Rodrigues dos Santos, Universidade de Brasília

MSc. em Ciências Florestais. Doutoranda em Botânica

Downloads

Publicado

2014-11-12

Como Citar

Abreu, T. A. L., Pinto, J. R. R., Lenza, E., Mews, H. A., & Rodrigues dos Santos, T. R. (2014). Composição florística e estrutura da vegetação arbustivo-arbórea em Cerrado sentido restrito na Serra de Jaraguá, Goiás, Brasil. Heringeriana, 6(2), 42-53. https://doi.org/10.17648/heringeriana.v6i2.29

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)