Estudo do tempo de embebição para aplicação do método da condutividade elétrica na verificação da viabilidade de sementes armazenadas de Acacia farnesiana (L.)Willd.

Autores

  • Leonardo Lucas Rodrigues Universidade de Brasília
  • Juliana Martins de Mesquita Matos Matos Universidade de Brasília
  • Rosana de Carvalho Cristo Martins Rosana de Carvalho Cristo Martins Universidade de Brasília
  • Ildeu Soares Martins Universidade de Brasília
  • Daniela Vasconcelos de Oliveira Universidade de Brasília
  • Kennya Mara Oliveira Ramos Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.17648/heringeriana.v5i2.25

Resumo

O teste de condutividade elétrica tem por princípio o processo de deterioração da membrana celular que favorece a lixiviação de íons. As sementes que estejam em avançado estado deterioração quando são embebidas em água liberam íons. Assim, quanto mais alta for condutividade elétrica medida na solução onde as sementes foram embebidas menor é a viabilidade da semente. O presente trabalho teve por objetivo verificar o menor tempo de embebição adequado para a realização do teste condutividade elétrica para analisar a viabilidade de sementes florestais. Para analisar o tempo de embebição mais adequado para avaliação da viabilidade das sementes foram empregados três tratamentos onde se aplicou o período de embebição de 30, 60 e 90 minutos. Concluiu- se que o tempo de embebição necessário para que haja exsudatos lixiviados suficientes para se realizar o teste de condutividade elétrica nas sementes de acácia é de 60 minutos.

Biografia do Autor

Leonardo Lucas Rodrigues, Universidade de Brasília

Engenharia Florestal

Juliana Martins de Mesquita Matos Matos, Universidade de Brasília

Departamento de Engenharia Florestal

Rosana de Carvalho Cristo Martins Rosana de Carvalho Cristo Martins, Universidade de Brasília

Departamento de Engenharia Florestal

Ildeu Soares Martins, Universidade de Brasília

Departamento de Engenharia Florestal

Daniela Vasconcelos de Oliveira, Universidade de Brasília

Departamento de Engenharia Florestal

Kennya Mara Oliveira Ramos, Universidade de Brasília

Departamento de Engenharia Florestal

Downloads

Publicado

2014-10-25

Como Citar

Rodrigues, L. L., Matos, J. M. de M. M., Rosana de Carvalho Cristo Martins, R. de C. C. M., Martins, I. S., Oliveira, D. V. de, & Ramos, K. M. O. (2014). Estudo do tempo de embebição para aplicação do método da condutividade elétrica na verificação da viabilidade de sementes armazenadas de Acacia farnesiana (L.)Willd. Heringeriana, 5(2), 55-59. https://doi.org/10.17648/heringeriana.v5i2.25

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.