Análise florística e fitossociológica da comunidade arbórea da Mata de Galeria do Capetinga, após vinte anos de passagem de fogo, na Fazenda Água Limpa, Brasília – DF

Autores

  • Maria Cristina de Oliveira Universidade de Brasília
  • Jeanine Maria Felfili Universidade de Brasília
  • Manoel Claudio da Silva Júnior Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.17648/heringeriana.v5i2.22

Resumo

A necessidade de maior informação sobre o bioma Cerrado torna-se cada vez mais urgente, devido à sua ocupação acelerada. Nesse sentido, este trabalho objetivou avaliar a composição florística e estrutural, após vinte anos de ocorrência de fogo, na Mata de Galeria do Capetinga localizada na Fazenda Água Limpa, Distrito Federal. Árvores (DAP ≥ 5 cm) foram amostradas em um hectare, distribuído em 100 (10 × 10 m) parcelas permanentes, dispostas em quatro transectos, desde as margens do córrego até a borda da mata. Distúrbios por fogo foram registrados em 1975 e 1987. Em 2007, vinte anos após passagem de fogo na área, foram amostradas 45 famílias, 77 gêneros e 86 espécies. O índice de Shannon & Wiener foi de 3,73 nats ind-1. As famílias mais importantes foram: Fabaceae, Lauraceae, Myrtaceae, Apocynaceae, Melastomataceae e Rubiaceae. Enquanto as espécies mais importantes foram: Amaioua guianensis, Piptocarpha macropoda, Protium heptaphyllum, Licania apetala, Aspidosperma parvifolium, Cryptocarya aschersoniana, Nectandra reticulata, Salacia elliptica, Cecropia pachystachia, Tapirira guianensis. A densidade e área basal total foram de 1.010 ind.ha-1 e 23,32 m2.ha-1, respectivamente. A distribuição diamétrica mostrou curva em “J-reverso” típica de formações florestais auto regenerantes. Este resultado indicou que, apesar dos distúrbios na comunidade, o recrutamento foi contínuo ao longo das sucessivas classes diamétricas.

Biografia do Autor

Maria Cristina de Oliveira, Universidade de Brasília

Centro de Referência em Conservação da Naturezae Recuperação de Áreas Degradadas (CRAD),

Downloads

Publicado

2014-10-25

Como Citar

Oliveira, M. C. de, Felfili, J. M., & Silva Júnior, M. C. da. (2014). Análise florística e fitossociológica da comunidade arbórea da Mata de Galeria do Capetinga, após vinte anos de passagem de fogo, na Fazenda Água Limpa, Brasília – DF. Heringeriana, 5(2), 19-31. https://doi.org/10.17648/heringeriana.v5i2.22

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.